1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados


Últimos assuntos
Siga-nos


Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

wikileaks

 

A Wikileaks volta a destacar-se nos principais meios de imprensa, depois de ter recentemente divulgado uma vasta lista de documentos que detalham como as agencias de inteligência nos EUA realizam espionagem sobre aplicações e serviços.

 

Nos documentos são explicados, em detalhe, os passos sobre como a CIA e outras entidades norte-americanas realizam a espionagem dos dados dos utilizadores em equipamentos iOS, Android, computadores, routers e até SmartTV.

 

A espionagem por parte destas agências não era um tema desconhecido, tendo sido ponto de conversa depois de várias divulgações de Chelsea Manning, Edward Snowden e o próprio Julian Assange, da WikiLeaks, entre outros. Mas estes documentos apresentam a informação interna sobre como exatamente os dados são obtidos e quais os procedimentos necessários para tal.

 

Apelidado de “Vault 7” pela Wikileaks, estão disponíveis mais de 8760 arquivos. Estes arquivos internos demonstram que a CIA desenvolveu vários ataques de malware com o objetivo de controlar e invadir sistemas baseados no Windows, Mac OS X, Solaris, Linux, entre outros. Além disso, estes métodos podem também ser utilizados para sistemas de equipamentos móveis, como o Android e iOS, possibilitando o acesso a um vasto conjunto de informações em praticamente qualquer equipamento.

 

As ferramentas em controlo da agência podem até mesmo aceder às Smart TV, permitindo ativar os microfones das mesmas para gravar qualquer conversa no alcance, e sem que o utilizador se aperceba de nada.

Existem também métodos que descrevem como contornar a encriptação de aplicações como o WhatsApp, Signal e Telegram, o que pode comprometer também as comunicações que eram consideradas seguras.

 

A plataforma refere que, no entanto, a CIA perdeu um vasto conjunto do seu repertório de ferramentas ao longo dos anos, seja por estas terem sido disponibilizadas para o público em geral ou porque deixaram de ser possíveis de serem utilizadas.

Até ao momento, a CIA ainda não se pronunciou sobre a divulgação destes documentos.

 

Fonte Wikileaks



A carregar...




Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedTest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech