1. TugaTech » Hardware » Noticias de Hardware


Últimos assuntos
Siga-nos


Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

oneplus 3t

 

No passado a Samsung e a HTC foram apanhadas ao tentarem alterar os resultados reais quando eram utilizadas aplicações de benchmark em certos modelos, com vista a utilizar um desempenho mais elevado que o normal quando certas aplicações eram abertas.

 

E agora parece que a história volta a repetir-se, desta vez com a OnePlus e a Meizu. A descoberta foi feita pela equipa do site XDA Developers, enquanto esta analisava o desempenho do processador Snapdragon 821 da Qualcomm no OnePlus 3T. Foi verificado que, ao contrário do que acontecia com outros equipamentos com o mesmo chip, o OnePlus 3T não aplicava a velocidade padrão do processador quando era colocado em modo de espera e após a abertura de certas aplicações.

 

Neste caso, a aplicação em teste era a do Geekbench, sendo que o portal realizou a comparação do desempenho obtido com a aplicação tradicional e uma disfarçada, que tinha sido criada pela Geekbench para permitir encontrar discrepâncias nos valores. E como se pode verificar no gráfico em seguida, o desempenho entre as duas é considerável, o que indica que o sistema aumenta artificialmente o desempenho quando é utilizada uma app de benchmark, para apresentar resultados superiores ao que é normalmente possível de se obter.

 

gráfico dos testes

oneplus resultados dos testes

 

E a OnePlus não foi a única a realizar este processo, sendo que a fabricante Meizu também aplicou algo similar sobre o Meizu Pro 6, o qual encontra-se configurado para utilizar os processadores mais poderosos do chip quando certas aplicações estão em execução.

No caso deste modelo, ele conta com a funcionalidade “Modo Performance”, que pode ser ativado pelo utilizador e supostamente aumentaria o desempenho geral do sistema. Mas nos testes realizados, nem mesmo esta função estava desenhada para utilizar o desempenho total do processador, sendo que apenas nas aplicações de benchmark se verificaria realmente um aumento de desempenho.

 

resultados do meizu

 

A OnePlus já respondeu a estes testes, indicando que se trata de um erro do software OxygenOS. A empresa teria implementado no código das versões Nougat do OxygenOS a capacidade de utilizar mais desempenho do processador em certas aplicações mais exigentes, e não apenas nas aplicações de benchmark. Como se trata de um erro, este código deverá ser revisto em futuras versões do OxygenOS lançadas para o OnePlus 3 e 3T.

 

Fonte XDA Developers



A carregar...




Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedTest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech